Primeira audiência MVC acontece em agosto

Após receber denúncias de que muitos dos benefícios conquistados pelos trabalhadores e trabalhadoras da MVC Extrusão em Plásticos Ltda. estavam sendo suprimidos, os advogados do Atendimento Jurídico do STIQFEPAR ingressaram com ação solicitando o pagamento das cestas básicas em atraso, pagamento da participação nos lucros e resultados em atraso, o restabelecimento das datas de pagamento dos adiantamento de salários e do saldo de salário, bem como o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro (2015) e as consequentes multas convencionais referentes a essas perdas.

O advogado Roberto Pontes Cardoso Junior, do Sindicato, relatou que a Justiça, analisando a gravidade da situação dos empregados dessa Empresa,  acolheu o pedido em caráter de urgência: a primeira audiência acontece na segunda quinzena de agosto de 2016. A MVC Extrusão em Plástico Ltda. tem sua matriz e em São José dos Pinhais.

15 comments

  1. Maria Jose

    Pois então!
    Os funcionários estão aqui se ferrando e o sindicato não faz absolutamente nada.
    Varias vezes muitos funcionários ligaram pro sindicato para denunciar o que estava acontecendo e simplesmente nada aconteceu.
    Em resposta o Sr. Joel do jurídico sempre responde que os funcionários da MVC uma vez no passado foram contra o sindicato e que agora o sindicato não se manifesta devido há um fato ocorrido há muitos anos.
    Acorda sindicato… estamos sendo fortemente lesados pela má fé dessa empresa.

    • Valéria Navarro
      Author

      Estamos vivendo uma crise gigantesca em nosso País e o Sindicato, para preservar os trabalhadores e trabalhadoras, entra judicialmente contra a MVC e você acha que não estamos fazendo nada? Realmente incompreensível seu comentário.

      • Maria Jose

        Não estão fazendo nada pelo simples fato que isso vem acontecendo desde o inicio do ano passado!
        Pra vc ter uma ideia do tamanho da falta de informação do sindicato, o plano de saúde não foi cancelado como diz a reportagem, mas estamos recebendo parcelado e com atraso e temos a cesta básica paga com vários dias de atraso.
        Hoje é dia 23/06 e ainda não recebemos o pagamento que deveria ser pago no quinto dia util.
        Quem foi demitido ainda não recebeu os acertos e as multas referente ao FGTS.
        Há 16 meses o empresa não deposita o FGTS dos funcionários.
        Pessoas que reclamam da condição da empresa estão sofrendo represálias.
        E só por que vcs entram com uma ação judicial com uma multa revertida para o sindicato vcs acham que estão fazendo grande coisa? Preservaram o que até agora? Nada! Pois houve muitas demissões e como relatei acima, quem foi demitido não recebeu tudo e quem está empregado está sofrendo com essa instabilidade.
        Tirem a bunda da cadeira e venham na empresa ouvir o que os funcionários tem a dizer.

      • milquizideque

        Estamos em uma situação bem dificíl, hj dia 30/06/2016 só recebemos 150,00 reais de adiantamento quinzenal, e não dão a minima estão comemorando o aniverssario da MVC de 27 anos, em clima de festa
        achando que todos estão contente , eles tão dando a minima pros seus funcionarios , pagando quer fazendo o que eles querem, pedimos ajudas de vcs ,

        • Valéria Navarro
          Author

          Diante das determinações da Justiça a Empresa só terá uma atitude a tomar: acatar o que ficar definido. Portanto, agora temos que aguardar a primeira audiência, que foi marcada com caráter de urgência – que o assunto exige – para agosto. Estou repassando todas as denúncias ao nosso Presidente e nosso Departamento Jurídico tem acatado todas as informações dos trabalhadores e trabalhadoras para a formulação da acusação.

          • Maria Jose

            Vocês poderiam enviar um representante do sindicato para a empresa!
            Estamos totalmente no escuro.
            A empresa não se manifesta sobre os atrasos e quando vamos perguntar no DH somos muitas vezes “atropelados” por destratos por parte da equipe.
            E muitas outras vezes dizem que se não somos capazes a nos adaptar a situação da empresa, devemos pedir pra sair, pois na visão deles só reclama quem não precisa trabalhar.
            Hoje é dia 18/07/2016 e ainda tem muitos funcionários que não recebeu todo o adiantamento do dia 20/06/2016 e o pagamento então nem se fala, pois quem recebeu o pagamento foram os menores salários e até agora foi pago apenas um saldo de 250 reais.
            Até agora não recebemos cesta básica!
            Essa situação está insustentável…

  2. Maria Jose

    E após essa audiência o que acontece?
    Caso a ação seja favorável para os funcionários, a empresa tem que pagar tudo o que deve para os funcionários?

    • Valéria Navarro
      Author

      A Justiça Trabalhista geralmente é favorável ao trabalhador, mas morosa. Pode levar bastante tempo até decidirem algo, mas a verdade é que a urgência nesse caso foi solicitada e acatada.

    • Valéria Navarro
      Author

      O nosso advogado está preparando um resumo dessa primeira audiência, mas posso adiantar que a MVC tem até a primeira quinzena de setembro para informar um demonstrativo de cálculos referente ao FGTS, Cesta Básica e PPR dos trabalhadores e até o dia 24 de setembro para dizer ao Ministério Público como vai pagar todos esses débitos aos trabalhadores e trabalhadoras da Empresa. Mas ressalto uma vez mais que, em relação ao atraso nos pagamentos, cabe a vocês trabalhadores e trabalhadoras organizar uma greve – e com certeza poderão contar com o apoio do Sindicato! – para pressionar a Empresa. Ou podem simplesmente esperar até que o MP dê seu parecer final.

    • Valéria Navarro
      Author

      O nosso advogado está preparando um resumo dessa primeira audiência, mas posso adiantar que a MVC tem até a primeira quinzena de setembro para informar um demonstrativo de cálculos referente ao FGTS, Cesta Básica e PPR dos trabalhadores e até o dia 24 de setembro para dizer ao Ministério Público como vai pagar todos esses débitos aos trabalhadores e trabalhadoras da Empresa. Mas ressalto uma vez mais que, em relação ao atraso nos pagamentos, cabe a vocês trabalhadores e trabalhadoras organizar uma greve – e com certeza poderão contar com o apoio do Sindicato! – para pressionar a Empresa. Ou podem simplesmente esperar até que o MP dê seu parecer final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *