Sindicalismo cresce na trincheira contra a crise, diz presidente da Força

Durante a crise nacional, agravada duramente pela pandemia, o sindicalismo se manteve na trincheira, mostrando que é essencial aos trabalhadores e ao País. A avaliação é de Miguel Torres, presidente da Força Sindical, durante live da Agência Sindical nesta segunda, dia 15.


O sindicalista ressalta que “na luta pelo emprego, na defesa dos direitos e na defesa da vida ameaçada pela Covid-19, o sindicalismo jamais deixou de cumprir com seu papel”.


Miguel Torres critica o governo e mostra preocupação com a sobrevivência das microempresas. “Sem crédito, muitas vão fechar. Vão fechar e demitir e talvez nem paguem seus empregados”, alerta.


Emergencial – Miguel Torres tem empunhado a bandeira da extensão até dezembro do Auxílio Emergencial de R% 600,00 para desempregados, MEIs e informais. Ele diz: “Há consenso entre as Centrais e nós estamos marcando audiência com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pra encaminhar essa questão”.

Fonte: Agência Sindical

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *