Anvisa concede certificação de boas práticas à vacina Covaxin contra a Covid-19

Certificação havia sido negada pelo órgão regulador brasileiro no final de março; Emissão não é pré-requisito para autorização de uso emergencial

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) divulgou nesta quarta-feira (9) que concedeu a Certificação de Boas Práticas de Fabricação (CBPF) da empresa Bharat Biotech, na Índia. A empresa produz a matéria-prima, o chamado Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) e finaliza a vacina Covaxin.A certificação havia sido negada no final de março. O aval agora concedido tem validade de dois anos e foi emitido depois que a empresa fez ajustes sinalizados pela Anvisa durante a visita a suas fábricas, de 1º a 5 de março deste ano.

Em nota, a agência ressaltou que a emissão da CBPF não deve ser confundida com a importação excepcional deliberada pela Diretoria Colegiada em reunião extraordinária na última sexta-feira (4). Também afirmou que a atual autorização não é pré-requisito para autorização de uso emergencial de vacinas contra a Covid-19.

Segundo a Anvisa, a certificação é pré-requisito para o registro da vacina e engloba uma análise mais aprofundada e completa de todos os requisitos da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 301/2019.

Fonte: UOL

Foto: Getty Images

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *