Aproveite o 85/95 antes da reforma e peça aposentadoria

Confira quem ainda pode pedir a aposentadoria pela regra 85/95.

Quem já completou as exigências da fórmula 85/95 não precisa mais perder tempo e já pode pedir a aposentadoria em uma agência do INSS.

Com a reforma da Previdência, a aposentadoria por tempo de contribuição está ameaçada. Hoje, nessa categoria há dois tipos de benefícios. Com o fator previdenciário é possível fazer o pedido assim que completam 30 anos de pagamentos, para as mulheres, e 35 anos, para os homens, sem o estabelecimento de uma idade mínima. Nesse caso, porém, há desconto para quem decide se aposentar mais cedo.

Quem esperar mais atinge, na soma da idade com o tempo de contribuição, 85 pontos, para as mulheres, e 95 pontos, para os homens. Com isso, ganhará 100% de sua média salarial, calculada com os 80% maiores salários de contribuição desde julho de 1994.

A fórmula 85/95 entrou em vigor em 2015 e passou a ser a mais vantajosa aos segurados por não ter desconto no benefício. Porém, o governo já disse que quer instituir uma idade mínima para pedir o benefício. Se isso acontecer, a aposentadoria por tempo de contribuição pode ser extinta e com ela suas vantagens. Também não está claro como será feita a regra de transição.

Por isso, os segurados que estão pensando em se aposentar devem fazer as contas para ver se já se enquadram na fórmula.

A advogada Vivian Melissa Mendes conta que os segurados podem verificar o Cnis (Cadastro Nacional de Informações Sociais), que é o documento usado pelo INSS para calcular o valor da aposentadoria, para saber se os vínculos e salários estão corretos. Pode acontecer de o segurado achar que tem o tempo mínimo de contribuição e, na hora de fazer o pedido, descobrir que algum período não está no sistema. Por isso, é aconselhável fazer essa checagem o quanto antes.

Para a especialista, se já chegou ao 85/95, é possível fazer o pedido. Isso porque, mesmo que espere mais um ano e chegue a 86 ou 96 pontos, o valor do benefício será igual. O cuidado, aponta a especialista, é com a aposentadoria com o fator previdenciário. “Pelo fator é melhor estudar mais se vale a pena fazer o pedido. O desconto é grande. Com idade menor o benefício pode ficar cerca de 40% menor. Eu não aconselho a pedir agora. É melhor analisar se vale a pena contribuir por mais tempo”, disse.

Fonte: Jusbrasil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *